Meditando as promessas do Coração de Jesus

 Mês de junho é também chamado, ‘Mês do Sagrado Coração de Jesus’, e neste ano de 2015 o calendário Litúrgico providencialmente nos reserva algo especial, a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus é no dia 12. Fiquei inquieto com esta ‘coincidência’ e em oração decide fazer um ‘caminho’ de aprofundamento nestes 12 dias. Caminhemos durante estes dias com a Igreja. Vamos trilhar um caminho de reflexão diário das ‘12 Promessas do Sagrado Coração de Jesus’.

Serão 12 dias e 12 promessas, vamos fazer uma reflexão por dia. Foi a Santa Margarida Maria Alacoque (1647-1690) que Jesus revelou estas 12 promessas. Esta religiosa da Ordem da Visitação viveu uma intensa experiência mística no convento onde vivia em Paray-Le-Monial, na França. Isto aconteceu entre os anos de 1673 e 1675.

1ª promessa do Coração de Jesus

“Darei às almas dedicadas ao meu Coração todas as graças necessárias ao seu estado”

Segundo o Catecismo da Igreja Católica, (CIC) n° 1996, “A graça é favor, o socorro gratuito que Deus nos dá para responder a seu convite”.

Sempre que nos deparamos com dificuldades, desafios e  ‘convites’ de Deus nos perguntamos: Será que vou conseguir fazer isso? Eu consigo ir até o fim? Consigo perseverar?

A resposta para estas e outras perguntas está na Palavra de Deus: “Sem mim nada podeis fazer”. (João 15, 5). Jesus nos conhece, Ele sabe tudo de nós, sendo assim Ele conhece nossa dependência da graça. Sem Jesus não conseguimos nada. Então Jesus, o Sagrado Coração Jesus nos promete a sua graça. A graça citada nesta promessa tem explicação no (CIC), n° 2004, “Entre as graças especiais, convém mencionar as graças de estado, que acompanham o exercício das responsabilidades da vida cristã e dos ministérios no seio da Igreja”.

Que maravilha, louvores ao Sagrado Coração de Jesus. Seja o Papa, um bispo, ou padre, também um médico, professor, pai de família, consagrados, e você, a promessa está afirmando que, quem pratica a verdadeira devoção ao Coração de Jesus pode ter a certeza de que receberá as graças necessárias para cumprir fielmente sua missão.

Se hoje alguém  perguntar se você está sobe a graça, responda como Santa Joana d`Arc: “Se não estou, que Deus me queira pôr nela; se estou, que Deus nela me conserve”.

As dificuldades, desafios e os ‘convites’ que  Deus tem  para cada um de nós vem acompanhados da  graça necessária ao seu estado, que o próprio Deus nos concede através do Coração Fiel de seu Filho Jesus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *