20 anos nos passos de Jesus

Uma longa caminhada começa com o primeiro passo! Há 20 anos atrás tive a chance de dar esse passo tão importante. No mês de fevereiro de 1995, deixei a casa de meus pais para morar na ‘casa de Jesus’. Era assim que eu enxergava o Seminário. A casa onde a lei era a ‘oração’. É verdade que na casa de meus pais eu já experimentava o clima favorável para o amadurecimento da fé e da vocação. Mas sair da casa paterna rumo à vocação sagrada é sempre uma oportunidade de abraçar o novo – apesar do medo – e aprofundar o que se pôde cultivar em família.

Em minha vida, fui aprendendo que o Senhor tinha as rédeas da minha história. Nem sempre pude fazer o que eu queria. Lembro-me que sonhava continuar o seminário em Brasília-DF e Deus me mandou para Anápolis-GO. Quando já estava adaptado ao clima anapolino fui enviado a Roma. Desde então procuro fazer o exercício de submeter meu querer ao Querer de Deus. Ao longo destes 13 anos de padre me convenço a cada dia da necessidade disso!

Em nossa comunidade rezamos diariamente: “Quero querer o Deus quer!”. Isso porque no querer de Deus reside nossa verdadeira realização. Ele nos conhece a fundo, exatamente por isso sabe o que de fato nós precisamos. Quero testemunhar que ao longo destes 20 anos, Jesus sempre manteve sua palavra para comigo. Ele é fiel! Sou testemunha disso. Aquelas coisas que não deram certo ou que deixaram cicatriz, foram fruto dos meus erros e pecados. A parte de Jesus nunca foi alterada.

Posso dizer a você: vale a pena seguir Jesus! A você que se sente chamado à vida missionária: não tenha medo! Eu nunca fui tão feliz quanto sou hoje, 20 anos após aquele ‘primeiro passo’! Se eu soubesse que seria assim, teria dado o passo mais cedo ainda! ‘Tarde te amei, beleza tão antiga e sempre nova!’ (Santo Agostinho). A você, deixo o convite: ouse dar o primeiro passo para seguir Jesus. O tempo passa muito depressa. Mas os frutos desse seguimento de Cristo, nunca passam. Não diga não ao chamado de Deus. Não tenha pressa, mas não perca tempo!

Seu irmão;

Pe. Delton Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *