A tristeza não vem de Deus

18055_ext_arquivoJesus era um homem alegre, feliz! Afirmo isso porque você já viu criança gostar de pessoas carrancudas, mal humoradas e tristes? As crianças gostavam de Jesus, basta ver aquele episódio em que as crianças queriam se aproximar de Jesus e, os apóstolos não queriam permitir, Jesus advertiu os mesmo dizendo “deixai vir a mim as criancinhas..” (Conf. Lc 18,16). Olha que Jesus tinha muitos motivos para ser e ficar triste, nasceu pobre, miserável para ser mais exata, muitas crianças morreram por sua causa, foi exilado por muitos anos, fez o bem e curou a todos que o procurava ou, que d’Ele se aproximava. No entanto, procuravam-no para matá-Lo pelo simples fato de ser bom! Foi traído por Seus amigos mais íntimos, teve uma morte miserável “cruenta”. Se olharmos com um olhar puramente humano, poderíamos dizer que Ele foi um fracassado, só fez o bem e recebeu todo tipo de mal em troca! Quando morreu, nem túmulo tinha para ser sepultado. Mas, nada disso não o impediu de amar e ser feliz, ao contrário, se alegrava e se compadecia com os mais simples, mais ignorantes. Nos últimos momentos de vida, em profundo sofrimento no alto da Cruz, olhou para o céu e disse “Pai perdoa-os, eles não sabem o que fazem.”! Jesus era feliz porque sabia perdoar, não guardava mágoa, não tinha orgulho, não queria ser servido, mas veio ao mundo para servir!
Ser feliz não significa ausência de problemas, ao contrário, ser feliz significa saber lidar com os problemas sem desesperar. Ser feliz significa acreditar que tudo passa, que nenhuma dor, nenhuma tempestade dura para sempre, que sempre após a agito, o barulho da tempestade logo vem a calmaria!
A tristeza não pode habitar em um coração que ama a Deus, que compreendeu o que é o amor verdadeiro! A tristeza tem raiz no nosso próprio egoísmo, no nosso orgulho, no desejo de ter sempre mais e mais! Observe que normalmente nos entristecemos por aquilo que não temos ou que gostaríamos de ter e não conseguimos. Se ao invés de ficarmos tristes por aquilo que não temos, aprendêssemos a louvar por aquilo que temos e que já conseguimos, com certeza seríamos muito mais felizes!
Jesus era feliz porque era livre, não tinha apegos. Não se fechava em Si mesmo! Era amigo de todos, falava sempre a verdade e não tinha “rabo preso” com ninguém! A verdadeira alegria brota de um coração sincero, desapegado, cheio de amor e disposto a dar para o outro o melhor de si! (“Há mais alegria em dar do que em receber.” At 20,35)
A tristeza não vem de Deus! Eu aprendi que a tristeza é esposa do demônio, que veio para destruir, roubar e matar! Não permita que Ela te roube a alegria de ser filho amado de Deus! Expulse a tristeza de sua vida! Louve mais, ame, perdoe, doe-se, sirva e sorria mais! E, não se surpreenda se de repente a tristeza der lugar a uma grande paz interior e as lágrimas de seu coração se transformar em sorrisos de gratidão!
“Não entregues tua alma à tristeza, não atormentes a ti mesmo em teus pensamentos” (Eclo 30,22).

Amarília Freire
Missionária Coração Fiel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *