Como curar da depressão?

depressão

Precisamos estar atentos para não nos tornarmos vítimas da doença da atualidade: a depressão. Como disse o salmista: “Por que te deprimes, ó minha alma, e gemes no meu peito? Espera em Deus” (Sl 41, 12). A depressão trata-se de um estado emocional de abatimento que vai desde o desânimo leve até a tristeza profunda. Entre as características da depressão, estão: a sensação de indignidade, o sentimento de abandono, a perda do amor próprio, o pessimismo em relação ao futuro, a ruminação de pensamentos, o aumento ou diminuição do apetite, o isolamento social.

As principais causas que favorecem o surgimento da depressão são: a história familiar de pacientes depressivos, a qual revela que seus parentes estão pré-dispostos a desenvolverem a doença; as contrariedades da vida, geradas pelo querer fazer a sua própria vontade; o estresse e a ansiedade; a tristeza, o pesar das perdas e a solidão.

Mas como curar da depressão? Por ser uma doença emocional, na maioria dos casos, a depressão é curada buscando tratar a raiz de suas causas. De onde vem o histórico familiar depressivo? Por que não conseguimos lidar com perdas? Por que estou triste ou sozinho?

Leia também:

:: Por que estou triste?

A depressão pode estar relacionada com experiências negativas que tivemos no passado, sobretudo quando mudamos a faixa etária: da primeira para a segunda infância, para a adolescência, da idade adulta para ancião. Por essas razões, o principal tratamento da depressão é a cura interior, acompanhada da Eucaristia, oração e tratamento médico. A Palavra de Deus nos diz: “Honra o médico por causa da necessidade, pois foi o altíssimo quem o criou” (Eclo 38, 1). Porém, é a perseverança na oração que vai sustentar a pessoa deprimida e dar-lhe força para enfrentar o tratamento médico e psicológico.

Dessa forma, as pessoas depressivas precisam abrir seus corações para acolher a cura que o Senhor tem reservado para elas. Deus nos quer felizes e que nossa alegria seja plena! Deus quer que tenhamos vida em abundância! O Senhor nos diz: “Nada temas, pois eu te resgato, eu te chamo pelo nome, és meu. Se tiveres de atravessar a água, eu estarei contigo, e os rios não submergirão” (Is 43, 1b-2a). Portanto, é hora de levantar a cabeça, buscar a cura e confiar no Senhor que Ele agirá!

Leia também:

:: Como vencer a tristeza?

Cláudio Chaves

Missionário de Aliança – Com. Coração Fiel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *