Comunicação e ética: a proposta do 9º Muticom

9-muticom-logoVitória (RV) – Teve início na noite de ontem no Centro de Convenções de Vitória, capital do Estado do Espírito Santo, a 9ª edição do Muticom, Mutirão de Comunicação, promovido pela CNBB e organizado pela Arquidiocese de Vitória. O discurso de abertura do encontro, que vai até o dia 19 de julho, esteve a cargo do Pe. Gildásio Mendes, Salesiano, professor e escritor, Doutor em Comunicação. O tema da sua palestra foi o tema central do encontro que reúne cerca de 500 comunicadores de todo o Brasil; “Ética nas comunicações”. Sobre o conteúdo da sua fala nós conversamos com o Pe. Gildásio…

Para uma sociedade rápida e veloz, urge que a comunicação social paute alternativas que valorizem outros elementos, tais como respeito pelos direitos humanos, a solidariedade e a vida. Pensar a comunicação social a partir de valores e princípios é o que se propõe o 9º Muticom.

Este encontro está preocupado com a ética nas comunicações, no meio e em tempos de verdadeira crise ética que a humanidade vem passando. “Nada mais oportuno, em vista da Comunhão, refletir e provocar na mídia a urgência de uma opção pela ética ao fazermos comunicação. Sejam todos bem vindos, e possamos realizar um grande Encontro com nota marcante em favor de uma cultura do Encontro”, disse nos dias passados o Arcebispo de Vitória (ES), Dom Luiz Mancilha Vilela, que acolhe os comunicadores de todo o país.

Comunicação e comunhão

Para o bispo, a comunicação é um meio para a comunhão com a Trindade. “Somos, por vocação, chamados a ser promotores da comunicação, missão que recebemos do comunicador do Pai, Nosso Senhor Jesus Cristo. Deus nos ajude no aprendizado da comunicação em vista do grande objetivo: a comunhão com a T Vitória (RV) – Teve início na noite de ontem no Centro de Convenções de Vitória, capital do Estado do Espírito Santo, a 9ª edição do Muticom, Mutirão de Comunicação, promovido pela CNBB e organizado pela Arquidiocese de Vitória. O discurso de abertura do encontro, que vai até o dia 19 de julho, esteve a cargo do Pe. Gildásio Mendes, Salesiano, professor e escritor, Doutor em Comunicação. O tema da sua palestra foi o tema central do encontro que reúne cerca de 500 comunicadores de todo o Brasil; “Ética nas comunicações”. Sobre o conteúdo da sua fala nós conversamos com o Pe. Gildásio…

Comunicação e ética

Para uma sociedade rápida e veloz, urge que a comunicação social paute alternativas que valorizem outros elementos, tais como respeito pelos direitos humanos, a solidariedade e a vida. Pensar a comunicação social a partir de valores e princípios é o que se propõe o 9º Muticom.

Este encontro está preocupado com a ética nas comunicações, no meio e em tempos de verdadeira crise ética que a humanidade vem passando. “Nada mais oportuno, em vista da Comunhão, refletir e provocar na mídia a urgência de uma opção pela ética ao fazermos comunicação. Sejam todos bem vindos, e possamos realizar um grande Encontro com nota marcante em favor de uma cultura do Encontro”, disse nos dias passados o Arcebispo de Vitória (ES), Dom Luiz Mancilha Vilela, que acolhe os comunicadores de todo o país.

Para o bispo, a comunicação é um meio para a comunhão com a Trindade. “Somos, por vocação, chamados a ser promotores da comunicação, missão que recebemos do comunicador do Pai, Nosso Senhor Jesus Cristo. Deus nos ajude no aprendizado da comunicação em vista do grande objetivo: a comunhão com a Trindade. Comunicar para quê? Para que toda a humanidade encontre o seu caminho e o seu destino: a participação da Comunhão Trinitária. De Deus viemos, para Deus voltaremos!

Nós conversamos com Dom Luiz Mancilha Vilela…

O encontro conta com uma programação extensa, oferecendo palestras com especialistas e estudiosos da comunicação, debates, grupos de trabalho, apresentação de modelos de comunicação, além de atividades culturais. Ainda, para o evento, estão confirmadas presenças de pesquisadores renomados da comunicação, que participarão dos debates e mesas. Nesta quinta-feira os temas são: Internet e Rede Sociais; A comunicação social e a construção ética do indivíduo; e A era da desintermediação: o senso religioso contemporâneo.

GTs

Entre as novidades das últimas edições do Muticom estão os Grupos de Trabalhos, espaços reservados para apresentação de experiências, estudos de caso e pesquisa de comunicação eclesial e pastoral. O 9º Muticom contará com oito GTs, organizados em diferentes temáticas. Os Grupos de Trabalhos serão realizados nesta quinta e amanhã sexta, dia 17. São eles: GT1 – Análise de materiais impressos, GT2 – Análise de sites e redes sociais, GT3 – O comportamento do indivíduo nas Redes Sociais, GT4 – A música religiosa como forma de comunicação, GT5 – O mercado da fé, GT6 – Trânsito religioso, GT7 – O padre e os desafios da comunicação, GT8 – Educomunicação.

De Vitória para a Rádio Vaticano, Silvonei José.

Fonte: Rádio Vaticana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *