A comunidade

Segundo seu estatuto canônico, a comunidade Coração Fiel é uma manifestação do que a Igreja, a partir de João Paulo II, chama de ‘novas comunidades’. Grupo de batizados que anseia viver mais profundamente o próprio Batismo, à Luz do Espírito Santo que, através da Igreja, nos inspira princípios próprios, regras precisas baseadas em sua orientação e Tradição. Somos conscientes de sermos filhos necessitados da misericórdia de Deus e é ela quem nos originou num carisma próprio para o nosso tempo. Concretamente somos uma comunidade de vida fraterna e de compromissos professados para a fidelidade da nossa vida cristã.

Em janeiro de 2012, Dom Messias dos Reis Silveira, bispo diocesano, reconheceu oficialmente a Comunidade Coração Fiel como Associação Privada de Fiéis de Direito Diocesano. Hoje, a comunidade exerce seu chamado de ter e favorecer um encontro pessoal com Jesus Cristo, anunciando a misericórdia que brota de Seu fiel Coração. Radicada na cidade de Rialma, vive em plena comunhão com seu bispo e, consequentemente, com a igreja. Missionária, a comunidade anuncia nos cinco continentes a fidelidade do Coração de Jesus.

“Hoje eu representando a mão de Deus …seguro nas mãos desta menina que já mais de seis anos, vem caminhando, fazendo história na nossa diocese… a esta menina chamada Coração Fiel eu digo: Levanta-te continue a andar, é obra de Deus, Deus acredita em vocês!” Dom Messias dos Reis Silveira, homilia do reconhecimento diocesano da comunidade Coração Fiel. (Janeiro de 2012)

 

:::   Clique e saiba mais sobre as novas comunidades

 

:::   Conheça a história da comunidade Coração Fiel

 

PORQUE EXISTIMOS?

“Deus nos salvou e chamou para a santidade!” (Tim 1, 9)

Existimos para sermos Santos. Ouvir a voz de Deus e colocá-la em prática. Deixando-nos levar para onde o Senhor quiser! Assumindo o plano de Deus por sobre os meus planos pessoais!

“Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito! ” (Rom 12, 2)

Nossa santidade é uma opção de escuta ativa da Vontade de Deus para nós, de modo que cumprindo sua Vontade possamos conquistar e reconquistar corações neste mundo tão carente da misericórdia de Deus! Queremos querer o que Deus quer; conscientes de que é o Espírito Santo quem moldará o nosso coração para este propósito:

“Porque é Deus quem, segundo o seu beneplácito, realiza em vós o querer e o executar! ” (Fil 2, 13)

Ao longo deste caminho Deus nos abrirá portas! Assim como tem acontecido, cada vez o Senhor nos mostrará sua Santa Vontade, à medida em nos colocarmos a caminho, com a vigilância necessária para ouvi-lo e a docilidade de Coração para obedecê-Lo:

“Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, e observarás sempre o que ele te ordena, suas leis, seus preceitos e seus mandamentos! ” (Deut 11, 1)

Queremos viver esta oferta seguindo o exemplo de Maria que no silêncio, guardou todas as coisas em seu coração. Toda nossa obra de evangelização nascerá do silêncio orante, para ouvir melhor a vontade do Senhor.

 

 

Conheça também:

— Carisma

— Missão

— Espiritualidade e Reconhecimento Diocesano