10ª promessa: Darei aos sacerdotes o dom de tocar os corações mais endurecidos

“Darei aos sacerdotes o dom de tocar os corações mais endurecidos”

Nesta promessa quero meditar sobre o sacerdócio. Uma figura milenar e impactante. No dia da ordenação sacerdotal os diáconos foram ungidos e consagrados pelo Espírito Santo para uma tríplice missão: O serviço do sacerdócio de Jesus Cristo; ele é o Profeta de Deus (Palavra de Deus), o Sacerdote do Altíssimo (santificador) e o Pastor e guia da humanidade.

No exercício do múnus profético os sacerdotes são ‘apaixonados’ pela Palavra de Deus, servindo a Cristo, ‘Palavra da salvação’, verdade de Deus para a vida do mundo”. A pregação do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo e a necessidade de que esta pregação alcance a todos é o ‘coração’ do ministro ordenado. Hoje, em pleno século 21 encontramos sacerdotes ousados e animados pelo Espírito Santo que pregam com amor e fervor. Estes padres, conquistam, reconquistam corações para Cristo e sua Igreja. É verdade que muitos padres, com sua pregação, conseguem chegar aos corações, eu sou testemunha disso.

Se o sacerdote já faz isso como parte da sua missão o que a promessa do Sagrado Coração de Jesus quer dizer?
Simples! Seja qual for o sacerdote que depois de muitas orações e pregações ainda percebe uma ‘dureza’ no coração de alguém, o Sagrado Coração quer ser auxilio neste momento. Os sacerdotes que praticarem esta devoção, além de todos os outros ‘meios’ já usados para que o evangelho penetre o coração humano, também, pode contar, pode confiar, que o Sagrado Coração de Jesus, o sumo e eterno sacerdote vai ungi-lo e auxiliar neste ‘desafio’ de favorecer um encontro pessoal com Jesus.
Antes de concluir esta reflexão quero lhe fazer uma pergunta: Esta promessa é só para os padres? Não.

Está promessa é também para você, o Sagrado Coração de Jesus quer ‘capacitar’, ‘ungir’ a todos para que favoreça com simplicidade e ousadia um encontro pessoal com Jesus, em especial que este ‘encontro’ aconteça com aqueles que possuem um coração endurecido.

Rondiney Souza Arantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *