Emanuel, Deus conosco!

Sem-Título-1O clima do Natal é talvez o mais significativo para todos. Há quem se sinta inspirado e consiga até praticar caridade de um jeito mais generoso. Há também quem se sinta meio que triste por lembrar pessoas que partiram ou situações doídas nas reuniões de família. Apesar das emoções antagônicas, uma verdade está sempre viva no ‘pano de fundo’ deste período: o nascimento de Jesus Cristo.

 Trata-se de um evento que influenciou e influencia a maior parte da humanidade espalhada pelo planeta. Porque tanta repercussão? Exatamente porque o personagem a ser celebrado é aquele que protagonizou uma das mais admiradas trajetórias de maturidade e realização humanas. Analisando bem, é impossível viver neste mundo sem ser impactado pela pessoa de Jesus Cristo. Mesmo aqueles que o ignoram ou até o odeiam, de um jeito ou de outro sofreram o ‘impacto’ histórico de alguém que não foi uma ‘invenção da Igreja Católica’, é o filho de José e Maria de Nazaré. É o Filho de Deus. Todo ser humano, cedo ou tarde encontrará momentos na própria história que se parecem com os fatos vividos pelo Nazareno. Mais ainda, em cada situação-limite que experimentamos, o drama da ‘paixão e morte’ de Cristo tem algo a nos dizer.

 Não se trata aqui de fazer elogio à religião ou à Bíblia apenas. Estamos falando de uma pessoa que deixou sua marca para sempre escrita na história da humanidade. Até quem não acredita em Cristo, precisa admitir que os que seguiram o que Ele disse, deixaram o mundo melhor do que quando o encontraram. De repente, Deus resolveu se hospedar na nossa pele e trafegar pela via da nossa existência material. Isso é inédito e muito bonito. Ele quis não apenas estar perto, mas também experimentar a nossa dor, assumir nossos pecados, morrer e ressuscitar por amor a nós. Fundou uma Igreja e inventou um jeito de se tornar ‘alimento físico/material’ para os que o seguem. Em nenhuma outra religião encontramos história semelhante.

Exatamente por causa desses fatos, olhar para o dia do nascimento de Cristo significa tanto. Contemple a Jesus. Ele é o Deus conosco. Capaz de fazer nossa vida e nossa história se transformarem para a melhor! Viva Jesus. Viva o Emanuel: Deus conosco. Feliz Natal!

Seu irmão,

Pe. Delton Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *