O mais novo Beato da Igreja Católica

No último dia 01 de Maio, o Papa Bento XVI beatificou Karol Joseph Wojtyla – João Paulo II. A beatificação é segundo passo das 3 etapas que a Igreja percorre antes de proclamar alguém santo (canonização). Não se trata de ‘fabricar’ um santo. É apenas uma oficialização textual daquilo que já existe. A Igreja apenas declara que ‘fulano’ possuía virtudes heroicamente cultivadas. A Beatificação de João Paulo II foi a mais participada: mais de 1 milhão de peregrinos na missa e quase todo o globo terrestre acompanhando pelos meios de comunicação. Foi o evento religioso mais propagado pelos meios de comunicação de todos os tempos.

Mas quem foi João Paulo II? Um polonês que viveu momentos de muitos sofrimentos. De família muito católica, veio a perder a irmã (antes que a conhecesse), em seguida a mãe (Karol tinha 9 anos), mais tarde perde o irmão e o pai. Viveu num país que sofreu os horrores do nazismo e os abusos do comunismo. Toda essa carga plasmou a personalidade de um homem de fibra. Uma vez eleito Papa, assumiu um dos pontificados mais longos da Igreja e abraçou a missão de ‘ir ao encontro das pessoas’. Viajou muito; visitou mais de 600 cidades em 130 países. Seus quilômetros serviriam para ir à lua 3 vezes! Vindo ao Brasil foi chamado ‘João de Deus’ e cativou multidões com seu carisma e firmeza de fé.

Um de seus pronunciamentos ficou marcado para sempre. Na missa inaugural de seu pontificado deixou-nos as seguintes palavras que transcrevo encerrando este artigo, deixando a você um tempo para meditar. Impossível não fazê-lo!

“Vós todos que tendes a inestimável aventura de crer; e também vós atormentados pela dúvida: Não tenhais medo de acolher Cristo e de aceitar seu poder. Não tenhais medo! Abri, ou melhor, escancarai as portas a Cristo. Ao seu poder salvador. Cristo sabe o que existe dentro do homem, só Ele sabe (…) hoje em dia, o homem não sabe o que existe dentro de si… inseguro sobre o sentido da sua vida sobre esta terra. Invadido pela dúvida que se transforma em desespero. Permiti, portanto, vos peço, vos imploro com humildade e confiança: Permiti a Cristo de falar ao homem! Só Ele tem palavras de Vida Eterna!”.

(Beato João Paulo II, Roma/22 de Outubro de 1978)

Seu irmão,

Pe. Delton Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *