Papa Francisco às “células” paroquiais: “Eucaristia, coração da evangelização”

Cidade do Vaticano (RV) – No final da manhã deste sábado o Papa Francisco recebeu na Sala Paulo VI cerca de 5 mil membros das Células Paroquiais de Evangelização.

Em sua saudação aos numerosos peregrinos o Santo Padre expressou sua satisfação em poder participar da alegria dos membros do novo Instituto “Células Paroquiais de Evangelização”, que vieram ao Vaticano para agradecer a Deus pela aprovação oficial dos seus estatutos, por parte da Igreja:

“Vocês têm a vocação de ser como uma semente, através da qual a comunidade paroquial se interroga sobre a sua missionariedade. Por isso, sentem o irresistível chamado de encontrar todos para anunciar a beleza do Evangelho. Este desejo missionário requer, antes de tudo, escuta da voz do Espírito Santo, que continua a falar à sua Igreja, impelindo-a a percorrer o caminho, às vezes pouco conhecido, mas decisivo, da evangelização”.

Neste sentido, o Pontífice convida os membros o  novo Instituto a permanecer, sem cessar, sempre abertos a esta “escuta”, a fim de ser fiéis à Palavra do Senhor e, por meio dela, superar os obstáculos no caminho da evangelização.

Mediante seu compromisso diário e em comunhão com as demais realidade eclesial, acrescentou o Bispo de Roma, os membros das Células Paroquiais de Evangelização poderão ajudar a comunidade paroquial a se tornar uma verdadeira família.

Encontrar-se nas casas, para compartilhar das alegrias e as esperanças, presentes no coração de cada pessoa, recordou o Papa, é uma experiência genuína de evangelização, como acontecia entre os primeiros cristãos da Igreja: a experiência da presença de Deus e do amor aos irmãos. E Francisco concluiu com uma exortação:

“Encorajo-os a fazer da Eucaristia o coração da sua missão de evangelização, de modo que cada ‘Célula’ seja uma comunidade eucarística, onde ‘o partir do pão” equivale a reconhecer a real presença de Jesus Cristo no meio de nós. Nisto vocês encontrarão sempre a força de propor a beleza da fé porque, mediante a Eucaristia fazemos a experiência do amor, que não tem limites, e damos testemunho concreto de que a Igreja é a casa paterna, onde todos encontram lugar”.

Os Estatutos do novo Instituto “Células Paroquiais de Evangelização” foi aprovado pela Igreja no Domingo da Divina Misericórdia. Por isso, o Santo Padre incentivou seus membros a serem testemunhas da ternura de Deus Pai e da sua proximidade a cada homem, sobretudo o mais fraco e solitário. (MT)

Fonte: Rádio Vaticano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *