“Não existem crianças ou adolescentes maus, mas pessoas infelizes”