A maior providência: “O amor que constrange”

A maior providência

Interessante a meditação! Quando paramos para meditar, descobrimos coisas “velhas”, mas que são “tão novas” ao mesmo tempo. Tenho meditado muito sobre o que vivemos em nossa comunidade. Relembro quando chegamos à cidade de Rialma. Não tínhamos nada, materialmente falando, além do desejo de dar a vida para Deus, encontrar-nos com Ele, reclinar nossa cabeça em Seu peito e desejar que outras pessoas pudessem ter esta experiência também.

Com o passar dos anos, Deus foi suprindo todas as nossas necessidades, no Seu tempo e na Sua hora. Nunca nos deixou faltar o necessário; ao contrário, sempre nos deu muito mais do que merecíamos; aliás, nem merecíamos. Mas, o mais belo de tudo isso é o cuidado para conosco. Fico constrangida diante de tantas graças recebidas.

Hoje, sou consagrada para sempre dentro desta comunidade, e testemunho que vi, vivi, conheci e conheço lugares e pessoas que nunca imaginei viver e conhecer. É impressionante e constrangedor a maneira como Deus tem cuidado de nossa comunidade e daqueles que, de alguma forma, fazem parte desta Obra.

Quantos milagres nós testemunhamos e continuamos a testemunhar, tanto em nós mesmos, quanto naqueles tantos que se aproximaram e se aproximam, também, de nós. Conhecemos nossa pequenez, sabemos de nossa indignidade e, no entanto, o Senhor nos ama e cuida de nós e dos nossos. Ele nos mima e nos constrange. Seu amor nos alcança em abundância! Seu zelo e cuidado nos questionam: que amor é esse? Como pode amar tanto assim? Como pode ter se dado na cruz da forma que se deu e continua se dando? Que zelo é esse? Que amor é esse? Que Deus é esse?

Já dizia S. Paulo: “O amor de Cristo nos constrange…” (II Cor 5,14). Jesus, ao viver a Via Sacra e morrer na cruz, por amor de nós, nos inquieta e deve inquietar também aquele que se encontrou com Ele, ou que já ouviu falar d’Ele. Esse amor deve provocar em nós o desejo de levar mais pessoas a terem uma experiência pessoal com Jesus.

No mundo tem muita gente se perdendo porque não conhece esse amor. É necessário favorecer que as pessoas descubram que existe alguém que se importa com elas, que morreu na cruz para salvá-las e que, se fosse preciso, morreria de novo. Muita gente se perde, morre e mata, comete crimes terríveis porque não tiveram uma experiência de amor verdadeiro, como é o amor do Coração de Jesus.

Essa é nossa missão! Ajude-nos a cumpri-la! Ajude o Projeto Junto ao Coração! Quanto mais você ajudar, mais pessoas se encontrarão com Jesus, e o mundo vai se tornando um lugar melhor, onde a paz e o amor um dia reinarão. Eu creio nisso!

O amor constrangedor de Jesus é a maior providência que podemos e devemos testemunhar! Novamente, peço: ajude-nos! Precisamos de você!

Conheça o Projeto Junto Ao Coração:

:: O que é?

:: O Histórico do Projeto

:: Como ajudar?

Amarília Freire

Consagrada Para Sempre

Comunidade Coração Fiel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *