Carismas se unem na Festa da Misericórdia

No último domingo, 08 de abril, aconteceu em Uruaçu-GO a primeira festa da Divina Misericórdia promovida pela Fraternidade Mariana da Divina Misericórdia e com a participação das Paróquias Santana, São Sebastião e São José Operário. Com espiritualidade inspirada nas revelações de Jesus a Santa Faustina, o evento foi conduzido na parte da manhã pela Comunidade Coração Fiel. Após cânticos de animação, o Missionário Claudio Chaves, da Comunidade Coração Fiel, conduziu um momento de clamor ao Espírito Santo, inspirado no evangelho do dia Jo 20,19-31, e um momento mariano, com a entrada solene da imagem de Nossa Senhora, inspirado na oração da Salve Rainha, onde clamamos “Salve Rainha, Mãe de Misericórdia”.

Com a bênção solene do banner e do quadro de Jesus Misericordioso, o Pe Gilson Jardene, Pároco de Santa Rita do Novo Destino, iniciou sua pregação. Ele  pregou abordando a entrega total de Jesus na cruz mesmo com o abandono de todos. Falou que ao derramar sua misericórdia, Jesus estava à beira de um abismo tirando de lá as pessoas que desejavam ser resgatadas por sua misericórdia. Realizou uma dinâmica com a participação das pessoas, mostrando que ao ser resgatado cada um deve ser instrumento da misericórdia para o irmão. Pe Gilson Jardene explicou ainda os pontos principais da Devoção à Divina Misericórdia, dentre eles a estampa de Jesus Misericordioso, a novena da Divina Misericórdia, a Festa da Divina Misericórdia, a Hora da Misericórdia e o Terço da Divina Misericórdia. Concluiu sua participação com uma  adoração ao Santíssimo Sacramento, onde o próprio Jesus visitou e resgatou os corações das pessoas presentes.

Na parte da tarde, houve uma pregação com o Ademir Pedro, da cidade de Santo André-SP. Ele abordou como devemos ser misericordiosos com as pessoas, fruto da experiência com a misericórdia que ele mesmo vivenciou. Ele concluiu com um testemunho marcante, onde, apesar de uma vida de criminalidade, no tráfico de drogas, iniciada ainda quando criança, foi resgatado pela misericórdia de Jesus. Segundo ele, em uma adoração do Santíssimo Sacramento, em que o mesmo procurava roubar o ostensório, foi tocado pela misericórdia do Senhor. E, após um repouso no Espírito Santo, que durou várias horas, levantou-se um novo homem totalmente libertado das drogas e do tráfico. Já são 18 anos de vida nova, pregando a misericórdia de Jesus por todo país. Em seguida, Rui Carlos, fundador da Fraternidade Mariana da Divina Misericórdia, explicou o Terço da Misericórdia e convidou as pessoas para rezá-lo naquela tarde.

A maravilhosa Festa da Divina Misericórdia foi concluída pela Celebração da Eucaristia, presidida por Dom Messias Silveira, Bispo da Diocese de Uruaçu e concelebrada pelo Pe José Francisco, da Paróquia Santana. Com o ginásio repleto de pessoas, a Santa Missa teve a participação das três paróquias da cidade de Uruaçu. Durante a homilia, o bispo abordou sobre a misericórdia do Senhor, aprofundando no Salmo 117, da liturgia do dia, que diz “Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom: eterna é a sua misericórdia”. A Festa da Divina Misericórdia teve uma grande aceitação das pessoas presentes, que já aguardam o evento se repetir no próximo ano.

Claudio Chaves, Missionário do elo de  Aliança

Comunidade Coração Fiel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *