Em ‘Monte Sinai’ aconteceu um milagre

Monte Sinai’ é uma comunidade Indígena Tikuna as margens do Rio Camatiã. A Comunidade Coração Fiel está em missão na Diocese do Alto Solimões no estado do Amazônas, na Paróquia São Paulo Apóstolo e visitou as famílias que moram em “Monte Sinai.

Era segunda-feira, a maior parte da viagem fizemos debaixo de chuva, subimos de barco no Rio Camatiã e próximo ao meio dia chegamos em ‘Monte Sinai’. Este é o limite territorial da Paróquia São Paulo Apóstolo.

Nesta Comunidade Tikuna, moram cinco famílias, dentre elas a família do Cacique, este foi quem nos recebeu debaixo de chuva e nos levou para sua casa. Quero lembrar que esta comunidade vive uma pobreza extrema, sem banheiros, água tratada, sem mesa, se come sentado no chão, e com grande escassez de comida, se alimentam da caça ou pesca. Aqui na Amazônia estamos no período da ‘cheia’ dos rios, isso significa escassez de peixes.

As 15h, o padre que lidera nosso grupo de missionários, Pe. Isaias Daniel, nos reuniu para falar sobre nossa alimentação. “ Temos aqui macarrão instantâneo e também, um dos seminaristas que acompanham o grupo, Sebastião, trouxe um lata de sardinha. Tenho um proposta vamos fazer todos os pacotes de macarrão, colocamos uma lata de sardinha, e comemos tudo junto com as crianças da comunidade que também devem estar com fome” sugeriu o Padre.

Todos aceitaram, e sugerimos que enchemos alguns balões para festejarmos o aniversário de uma missionária que estava conosco; Rosana. Padre, missionários, seminaristas e as crianças da comunidade ‘Monte Sinai’ comemos juntos. Assim aconteceu! Esta alimentação acabaria com todas as nossas reservas de comida, estávamos na segunda-feira santa e estaríamos em missão até domingo de Páscoa, mas não podíamos comer e deixar as crianças sem alimento, nem a Rosana sem festa. Vamos comer? Vamos! Vamos festejar? Vamos! A comida para os outros dias Deus proverá!

Comemos, fizemos a festa, junto com as crianças, foi um tarde de fraternidade e alegria. Veio a noite, veio novamente a necessidade de comida. Não temos mais nada. Acabou tudo.

Depois da nossa festa, limpamos a escola para fazermos uma noite de música e partilha da Palavra de Deus a noite. Deixamos tudo pronto para uma noite de oração. Tomamos banho no Rio Camatiã e nos preparamos para o momento com o povo da comunidade.

Com o título deste texto diz: Em ‘Monte Sinai’ aconteceu um milagre, e é verdade, agora começa todo o milagre. Estávamos sem comida para a noite, mas precisávamos evangelizar. Não tínhamos nenhum arrependimento de ter gasto a comida com as crianças e com o aniversário, mas precisávamos nos alimentar para continuar a missão. Aqui começa a intervenção divina.
Por causa do escuro e da quantidade de insetos, nossa partilha da Palavra de Deus precisou ser transferida da Escola para a casa de um dos filhos do Cacique. Nesta casa tínhamos energia elétrica fornecida por um motor que duraria aproximadamente duas horas com o combustível que o Cacique tinha.

Deus nos tirou de um lugar escuro e com muitos carapanãs e mutucas, e nos levou para uma casa com energia e repelentes. Mas, calma! Ainda não é esse o grande milagre que Deus nos reservara.

Nossa partilha da Palavra de Deus se estendeu por uma hora e meia. Música, pregação e oração alegraram nossa noite. Tudo terminado o filho do Cacique nos ofereceu a casa para que colocássemos nossas ‘redes’, sim, redes, não existe cama em ‘Monte Sinai’ e em nenhuma comunidade ribeirinha do Camatiã. Buscamos tudo que estava na casa do Cacique e nos instalamos na casa do filho dele.

‘Deus é Fiel!’ Eu posso testemunhar isso. Quando terminamos de estender as ‘redes’ para dormirmos. O filho do Cacique foi o canal da providencia de Deus para todos nós. O mesmo veio até onde estávamos e disse. “ Eu tenho açaí e um caldo de peixe, vocês podem comer a vontade.”

O ‘Deus proverá’ aconteceu! O milagre aconteceu em ‘Monte Sinai’. A pobreza dos indígenas não limitou o seu coração generoso. Os pobres dividiram conosco seu ‘banquete’. Uma alegria nos invadiu, fizemos festa, sentados no chão comendo caldo de peixe e tomando o verdadeiro Açaí da Amazônia.

Para nós, Deus foi claro, dividimos o que tínhamos com as crianças pobres e Ele preparou um saboroso jantar para todos nós na pobreza extrema da comunidade ‘Monte Sinai’.

Quero repetir, quero testemunhar o que aconteceu em ‘Monte Sinai’ foi um MILAGRE.

Confira mais sobre a missão na Amazônia

:: A festa em São Francisco Xavier

Rondiney Arantes

Missionário da Comunidade Coração Fiel

2 comentários em “Em ‘Monte Sinai’ aconteceu um milagre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *