Mãe, Dom de Deus!

“Em cada mulher que a terra criou, um traço de Deus, Maria deixou!”. A frase da canção escrita pelo Padre Zezinho scj. traz uma mensagem clara. Parece que existe uma harmonia secreta entre estes três protagonistas da frase: Deus, a Mulher e Maria. Seria, talvez, pelo fato de que o poder criativo de Deus, que se extravasou ao criar o ser humano e tornar-se Pai da humanidade, se revela de forma tão linda pela mulher, que é capaz de gerar? Seria também pelo fato de que entre todas as mulheres, Maria exerceu sua maternidade de forma tão extraordinária a ponto de se tornar ‘mãe de todos os homens’? Talvez! Mas creio que o vínculo entre estes três personagens está intimamente relacionado com o futuro da humanidade.

Deus, sem dúvida, é a origem e o destina de tudo. Sem Deus, nada! Numa das manifestações da bondade Divina a mulher foi criada. Como companheira do homem. Como responsável pela gestação de filhos. Dentre todas as mulheres, duas se destacaram de forma singular. Eva, a primeira mãe, foi fruto da atenção generosa de Deus. Infelizmente, ela não obedeceu ao Senhor em tudo e, tomada de orgulho, deixou-se seduzir pelo anjo mau, travestido de serpente. Maria, a virgem que se tornou esposa do Espírito Santo, humildemente quis ‘fazer tudo o que Deus pediu’ e, visitada por um anjo bom (Gabriel), tornou-se Mãe do Filho de Deus. O que a primeira mulher (Eva) desgraçou, Maria resgatou pelo seu sim e pelo Seu Filho, Nosso Senhor.

Na trajetória da vida de Nossa Senhora, recordamos o momento sublime em que, do alto da cruz, Jesus diz: “Mulher, eis aí o teu filho!”. A partir daquele instante Maria assume a maternidade sobra toda a humanidade. Não apenas dos que amam a Jesus, mas também dos que ‘fogem’ dele. Nos muitos lugares onde Deus permitiu a Nossa Senhora aparecer milagrosamente (Fátima, Lourdes, etc), suas palavras são sempre um convite à oração para voltarmos o coração para Deus e Seu Filho Jesus. Por isso Maria se torna um modelo perfeito para todos nós, especialmente para as mulheres que são agraciadas com o dom da maternidade. Toda mulher que imita Nossa Senhora se torna mais fiel e feliz. Assim, toda mãe é um dom de Deus!

Seu irmão,

Pe. Delton Filho

Comunidade Coração Fiel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *