À medida que caminhamos, o Senhor nos abrirá portas!

Esta frase faz parte do estatuto canônico da nossa comunidade. A base bíblica pode ser tomada a partir do contexto do milagre dos 10 leprosos (Lucas 17). Jesus não os cura imediatamente. Dá-lhes a ordem de ‘ir apresentar-se’ ao sacerdote. O texto diz que ‘enquanto caminhavam’ foram curados. Assim também é conosco. O Senhor quer nos curar e libertar, mas isso se dá na medida em que não nos colocamos de braços cruzados.

Ao longo desses anos de história, em nossa comunidade, sempre foi assim. Enquanto nos desdobramos para fazer a vontade do Senhor, Ele mesmo abre portas novas, desafios novos e maravilhosos. Sou testemunha de tantos sinais que já vi e vivi pessoalmente! Me recordo quando o bispo pediu que eu cuidasse da ‘comunicação’ da Diocese. Até então eu não tinha preparo técnico e profissional para isso. No entanto, ‘arregacei as mangas’ e comecei. Mesmo sem ter todo o conhecimento necessário. Ao longo do caminho Deus foi abrindo portas. Fiz cursos. Aprendi com a experiência de outros. Errei e acertei. Fui trazendo os filhos missionários (as) atrás de mim. Hoje nossa comunidade dispõe de um ‘Sistema de Comunicação’ a serviço da Igreja na Diocese onde nascemos. Eu não fiz nada de extraordinário a não ser evitar ficar parado! Deus fez tudo. Ele abriu as portas!

Porque é importante perceber estas ‘portas abertas’ pelo Senhor? Simplesmente porque se é o Senhor a abrir portas, significa que estamos na direção certa! Seria lamentável tentar ir adiante apenas por nosso próprio esforço, no ‘peito e na raça’ sendo que podemos enganar a direção. É melhor caminhar um metro na direção certa, do que 1 quilômetro da direção errada. Concorda? Para isso é preciso que o Senhor nos abra portas. Especialmente quando percebemos que janelas se fecham, oportunidades findam, situações pioram, precisamos acreditar.

Se a vida nos impede um caminho, Deus pode nos abrir portas. A condição? Colocar-se a caminho. Fica aqui o convite e a ordem de Deus para você. Descruze os braços! Não espere que tudo ‘caia do céu’. Faça a sua parte! Dê o primeiro passo. Ouse na fé. Confie! Deus abrirá portas ao longo do caminho!

Pe. Delton Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *