MARIA Nosso modelo de Santidade

Sim! Temos em Maria um modelo de mulher, de mãe, mas princi­palmente de alguém que assumiu para si a vontade de Deus! Por que ‘modelo’? Porque eu e você também somos alvo deste projeto do Coração de Deus, projeto de felicidade e eternidade. Ela é a prova disso: é possí­vel dar certo!

Uma jovem, muitos sonhos, muita ‘vida’ pela frente. Qual era a sua motivação? Ser de Deus. O norte da bússola da vida de Maria era a Santidade. Sim, ela estava convicta de que, se não fosse para viver o plano de Deus, não teria sentido a sua existência. Você já sabe qual o sentido da sua vida? Ou, pelo menos já se per­guntou?

Maria quase ‘não apare­ce’ na Bíblia, fala pouco, é discreta. Mas nunca perdeu seu foco! Construiu sua his­tória na rocha firme da von­tade de Deus. Brevemente, que podemos aprender com ela? “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra.”(Lc 1, 38): mu­lher da Palavra.

Gerou no seu ventre, guardou e viveu a Palavra. Deixava-se guiar por ela, e por isso acertou na vida. Em que você pauta as suas decisões? (…) Deixe­-se guiar pela Palavra! “Maria, porém, guardava todas estas coisas, meditan­do-as no seu coração.” (Lc 2, 19): meditar, ponderar (dar o verdadeiro peso a) o que vivemos.

Muitas vezes eu e você caímos no mesmo erro duas vezes porque não tiramos da primeira queda uma lição de vida. Só assim poderemos crescer como gente. Você medita na sua vida? Reza a sua vida? (…) Silencie, dê peso ao que vale, deixe passar o que pas­sa, mantenha o foco.

Que ela nos tome pela mão e nos ensine a caminhar nes­ta estrada: a Santidade!

Deus te abençoe!

 

Missionário Yudi Ishizawa

Comunidade Coração Fiel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *