A alegria de ser um jovem católico

A juventude é uma bela fase da vida, os sonhos, as aventuras, a busca pela felicidade, as indagações, a vitalidade, tudo se desponta nessa fase da vida. Uma energia impressionante.  É como se não existissem obstáculos! É belo contemplar a juventude. Fico a Imaginar todo esse potencial voltado para as coisas boas e certas. É triste ver um jovem triste! Me pergunto: por que tristeza nessa fase tão bela? O que leva um jovem à depressão, às drogas, a viver saltando de um relacionamento para o outro de forma frenética, ou mesmo a se maltratar e maltratar o outro?

Infelizmente, essa é uma realidade nos tempos atuais, quantos jovens infelizes, envolvidos nas drogas, na violência. Quantos jovens maltratando e até mesmo agredindo os próprios pais, ou mesmo pais matando os próprios filhos? Que “desgosto” é esse? Sabemos que não é fácil ser jovem em um mundo paganizado, as cobranças são muitas e absurdas, ao ponto de colocar dúvida no coração da menina ou do menino de sua própria identidade sexual. Que maluquice é essa? Você pode até dizer que desde os primeiros tempos existia a crise de identidade, é verdade! Afinal não existe pecado novo, mas maneiras novas de praticar o mesmo pecado e o que é mais grave vai-se, com a repetição e o aumento de pessoas que aderem ao pecado, querendo infundir que isso é normal! Saiba que isso é mentira! Não é normal um homem se dizer mulher e vive versa.  Isso não é normal! E o pior é que leva muitos, ao absurdo de matar, se mutilar, desfazer os laços familiares, querer “enfiar goela abaixo” das pessoas o “eu penso, eu acho, eu quero”, isso não é ser feliz! Isso e viver um inferno! É um inferno ir contra o que Jesus nos ensinou, o que a Palavra nos diz!  Em contra partida é maravilhoso fazer o que é certo! Muitos dizem que é careta. Tolo, tola! Careta é viver no inferno e levar os outros junto!

 Fazer o que é certo é felicidade, paz e alegria! Comprove você mesmo (a), quantos são os jovens que, professam a fé católica e sorriem com liberdade, vivem em paz em seus lares, guardam a castidade, lutam por uma vida de santidade, se divertem, namoram, fazem suas aventuras, curtem a vida e são felizes. Procure-os, olhe em seus olhos, ateste você mesmo (a)! Veja que os conflitos são mais facilmente resolvidos, as dúvidas são sanadas com serenidade. Não existe revolta, o ódio, a discriminação. Existe luta, isso sim! Mas, a luta faz parte da vida e um jovem que não quer lutar, que não tem um ideal, é um jovem, perdoe-me, banana!

Jovem você tem potencial e Deus te criou para ser feliz! Quem conhece, vive os preceitos bíblicos, mergulha na espiritualidade, reconhece, participa e ama a Eucaristia, consegue enfrentar as dificuldades, suporta as criticas dos que se dizem “amigos”, tem personalidade e não se deixa levar pelo que os outros pensam dele ou dela, mas se incomoda com o que Deus pensa! Medite sobre isso.

Se quiser se aprofundar e conhecer mais sobre essa realidade, procure-nos! Temos  em nossa comunidade o Movimento Coração Jovem que tem atraído muito jovens e talvez seja essa a grande oportunidade de mudança em sua vida! Lembre-se a juventude não é eterna e você nem sabe se estará vivo amanhã, ou mesmo no momento seguinte! A hora é agora, o dia é hoje! “Jovem, rejubila-te na tua adolescência, e, enquanto ainda és jovem, entrega teu coração à alegria. Anda nos caminhos de teu coração e segundo os olhares de teus olhos, mas fica sabendo que de tudo isso Deus te fará prestar conta.” (Ecl 11,9).

Amarília Freire

Missionária Coração Fiel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *